Compartilhar

Percursos belo horizontino – Quitandas

Percursos belo horizontino – Quitandas

Novidade sumida da semana!
Para quem estava com saudade, sim, estamos de volta, rs, e com ideias novas saindo da cachola.
Hoje, mantendo a promessa de “reconstrução” do conteúdo, lançamos uma tag [primeira de muitas] que vai se repetir ao longo dos assuntos que estão por vir.
Percursos belo horizontinos” será, nada mais nada menos, do que uma seleção dos nossos lugares preferidos da capital, porque somos muito atrevidas e queremos provar o contrário àqueles que pensam que BH não tem nada pra fazer e não tem lugares cool suficientes para o público descoladérrimo que nela a habita [serio, somos muito cool]!

E o tema da vez será “Lugares bacanas de BH para você comer uma quitanda deliciosa e nada fit pelo amor de Deus” que resumimos em “Quitandas”!
Como falar do tema sem citar Casa Bonomi, um querido no quesito gostosuras que deixa com água na boca todo mundo que sobe [e desce] a Afonso Pena!
Dos sanduíches aos doces, passando pelos pães de receita autoral e pela arquitetura lindíssima, a padoca, projeto de Freusa Zechmeister, se estabelece em uma edificação eclética da década de 1920 restaurada e adaptada para o novo uso e esbanja todo seu charme e história em meio aos quitutes que, como não poderia deixar de ser, também contam um pouco sobre nossa mineirice.

{Casa Bonomi_bh}

{Casa Bonomi_bh}

Mudando de ares, mas mantendo a perdição gastronômica, estamos apaixonadas pelo simpático “Oop”. O lugar é fofíssimo e tomou conta dos corações dos amantes de café que encontram por lá uma variedade super exótica da bebida, além de um ambiente super descontraído e plural! Arrasou PAA Arquitetura! [Sem falar das cerâmicas de dar inveja da “O Atelie de cerâmica”]

{Oop_bh}

{Oop_bh}

E pra terminar, puxando a sardinha pro nosso lado, a “Lancheria Beagá” [Isabela Bethônico Arquitetura] [LOVE] que já tem cadeira cativa no nosso top 5!
Colorida e divertida, o lugar que leva o nome da nossa querida capital, também conta nossa história por meio da comida [preciso falar do pão de queijo?!] e dos quadrinhos do “Fachada Frontal” que arrasaram na representação!

{Lancheria Beagá_bh | Isabela Bethônico Arquitetura}

{Lancheria Beagá_bh | Isabela Bethônico Arquitetura}

Não tem desculpa agora, não é mesmo?! Se o assunto for gordice e lugares descolados, Beagá ta no páreo da disputa!

Até semana que vem!

Compartilhar post: